Fui convidada em 2014 para criar o Clube do Desenho para adolescentes numa escola pública em Lisboa como voluntária. Como não tinham verba para fornecer materiais, utilizei materiais de baixo custo para desenhar e criar jogos. O fio de lã é o material principal. Além do uso do papel e caneta o telemóvel é uma ferramenta para produzir animações com os participantes do clube.

 

Regulamento para participar do Clube do Desenho:
-Não vale tratar mal o seu parceiro, o seu desenho e a sua Biblioteca.
O que vale é tratar com carinho tudo e a todos.
- Não vale comparar o seu desenho com o do outro.
O que vale é concentrar-se no seu desenho.
- Não vale dizer “eu não consigo”
O que vale é desenhar.
- Não vale faltar.
O que vale é vir sempre e com vontade de criar coisas novas.

Por que o clube do desenho faz parte deste tabuleiro? Veja o link

I was invited in 2014 to set up a drawing club for teenagers at a state school library in Lisbon, as a volunteer. As I had no funds, I used low-cost objects to produce games and tools to draw with. Wool yarns were our main drawing material. Besides paper, I used my mobile phone to produce stop motions animations with the club’s participants.

 

Rules for participating in the Drawing Club:
"It's not allowed treating your partner, your drawing, and your Library.
It is allowed is to treat everything and everyone with affection.
"It is not allowed comparing your drawing to that of the other.
What counts is to focus on your drawing.
- It's not allowed saying "I can not"
It is allowed is to draw.
- It is not allowed miss classes.
What matters is always coming and willing to create new things.

 

Why is the Drawing Club complements my work? See the link

25 de janeiro 2018

O que é o desenho?
Perguntei para uma turma de meninas de 12 anos no Clube de Desenho. Elas estão comigo há 2 anos. Cada uma recebeu 7 cartões para responder esta pergunta. Respostas:
É pensar.
Um desenho são linhas conectadas pela imaginação.
Nossos sentimentos que transmitimos num papel.
O que as pessoas querem.
Vem da mente.
É qualquer coisa desenhada numa folha.
Os desenhos sempre são feitos com muitos materiais, como: lápis, caneta, pode ser feito com objetos também.
É ilustração.
É um risco simples que se transforma em algo criativo.
Quando a nossa mão vai a outra dimensão de riscos e rabiscos.
É ver.
Um desenho sempre está na nossa mente, onde podemos transferi-lo para o papel.
Um desenho é como se fosse uma emoção. Feliz, triste, zangado.
É uma montanha russa de emoções.
É ilusão.
É a criatividade que nos vai à cabeça.
É algo que vem de uma cabeça criativa.
É arte.
Um desenho pode ser até um sonho.
A imaginação da pessoa a gritar.
Um desenho é uma caneta a escrever na folha.
É colorir.
Um desenho pode estar em várias formas, como pensar em uma frase e fazer um desenho sobre isso.
É quando nos sentimos inspirados.
É expressar sentimentos no papel, ao invés de palavras.
É algo que tem várias formas.
É descrever.
É um lápis que se mexe e transforma em desenho.
Um desenho é amor e carinho.
É diversão.
É a expressão de liberdade.

16/jun/2017

Um espaço em branco pode ser um desafio. Quando colocamos objetos neste espaço depois conseguimos fazer uma ligação entre estes elementos. Este desenho foi criado em conjunto. Cada aluno colocava um elemento e depois cada um fazia uma ligação. Um trabalho em conjunto e gradual. Não houve um único autor. O final do desenho foi decidido pelo grupo.

9/jun/2017

Considero que as técnicas e a filosofia do Aikido uma metáfora da humanidade. E isso me deixa mais à vontade para abordar os mesmo temas no Clube do desenho. Ontem no Dojo foi falado em observar a postura e o alinhamento da coluna. Não só a própria postura mas a do parceiro. Quando o oponente se focava muito no braço e na técnica não acontecia o movimento. Mas depois chamei a atenção para olhar para a minha coluna e o parceiro ficou impressionado com a diferença. Também senti isso e fiquei até emocionada. No shironage existe uma hora que não conseguimos ver muito bem a outra pessoa e se não sentirmos a outra pessoa o movimento não acontece.

Então hoje os alunos do clube vão passar o dedo nas costas do outro para sentir a coluna. Depois cada um vai ser um modelo vivo e vão fazer posturas diferentes. Para visualizar o desenho da coluna. Para isso virar um desenho vão usar plasticina para representar a estrutura da coluna e a partir desta estrutura vão criar um desenho.